Chamada para o Dossiê Temático: Economia Política, Economia Aplicada e Desenvolvimento Regional

2022-03-04

Esta chamada objetiva reunir artigos científicos, desenvolvidos por estudantes de pós-graduação, professores e pesquisadores relacionados aos seguintes eixos temáticos: Economia aplicada; Economia política; Desenvolvimento regional. A escolha reveste-se de especial interesse para a revista Diversitas Journal dada a relevância das contribuições para a pesquisa acadêmica dos temas selecionados. Para melhor enquadramento e estímulo às submissões, mencionamos a seguir as três seções que irão compor o dossiê:

  1. Economia e desenvolvimento regional

  2. Economia social e do trabalho

  3. Aplicações de Métodos e Análises Quantitativas em Economia e Negócios

Organizadores:

Luciana Caetano (luciana.silva@feac.ufal.brl)

Thyago Nepomuceno (nepomuceno@diag.uniroma1.it)

Verônica Antunes (veronica.antunes@feac.ufal.br)

Saiba mais..

Sub-área 1: Economia e Desenvolvimento regional

Responsável: Profa. Dra Verônica Nascimento Brito Antunes (FEAC/UFAL)

Essa seção pretende reunir trabalhos resultantes de investigações oriundas da área de economia e áreas do conhecimento afins, que apontem para a temática do desenvolvimento regional. Serão considerados também trabalhos que possuam interface com a área do desenvolvimento regional (desenvolvimento rural, planejamento urbano e regional, demografia e áreas correlatas), na sua dimensão “espacializada” (local, regional, territorial, nacional). De forma específica, busca-se a publicação de artigos com resultados de estudos e pesquisas, preferencialmente utilizando dados empíricos, primários ou secundários, sobre as diferentes dinâmicas de desenvolvimento regional e dos processos de transformações tecnológicas, socioeconômicas, ambientais, institucionais e culturais, que abordem diferentes pontos de vista.

Sub-área 2: Economia Social e do Trabalho

Responsável: Profª Dra. Luciana Caetano da Silva (FEAC/UFAL)

Do século 19 a meados do século 20, empregados e empregadores percorreram uma longa travessia pavimentada por divisão social do trabalho, expansão da mecanização e incorporação de novas tecnologias ao processo de produção e acumulação capitalista, desembocando no aumento da produtividade e redução da jornada de trabalho, além de um conjunto de ações protetivas, promotoras do bem-estar social, em diferentes estágios, entre países centrais e periféricos. No Brasil, a abolição da escravatura no final do século 19 não tem impedido a espoliação de trabalhadores, resgatados em condição análoga ao trabalho escravo. Para além dos resíduos históricos e culturais, o advento do neoliberalismo deu início, a partir dos anos 1990, à desintegração da legislação de proteção social e trabalhista e, a partir do golpe de 2016, as reformas alinhadas a esse modelo revelaram-se incapazes de reverter a elevada taxa de desemprego, além de contribuir com a expansão da informalidade e de ocupações precarizadas de baixa remuneração. Pelo exposto, está aberto o convite à elaboração de artigos, resenhas e resumos expandidos, a fim de que se possa, a partir de diferentes lentes, compreender a reconfiguração do mercado de trabalho frente à reestruturação produtiva e à renúncia do papel regulador do Estado Nacional, nas relações entre capital e trabalho.

Sub-área 3: Aplicações de Métodos e Análises Quantitativas em Economia e Negócios

Editor Responsável: Prof. Dr. Thyago Nepomuceno (Sapienza / UFPE)

Aplicações de métodos quantitativos paramétricos ou não-paramétricos para estudo das relações existentes entre grandezas econômicas, demográficas, sociais e de gestão e para modelagem matemática para suporte a tomada de decisão estratégica vem ganhando cada vez mais espaço nos contextos regionais em uma sociedade moderna, informatizada e envolvida por grandes volumes de dados cotidianamente. A presente linha dessa chamada se dedica, mas não se limita, a análises, avaliações, modelagens e aplicações no âmbito de:

▫️Inferência Estatística e Estatística Multivariada;

▫️Econometria Linear e Não-Linear;

▫️Processos Estocásticos e Análise de Séries Temporais;

▫️Análise de Eficiência e Produtividade;

▫️Aplicações em Teoria dos Jogos e da Decisão;

▫️Modelagem Socioeconômica;

▫️Avaliação de Intervenções;

▫️Pesquisa Operacional e Otimização;

▫️Heurísticas, Sistemas e Modelos de Suporte a Tomada de Decisão;

▫ Trabalhos com Análises Quantitativas Diversas em Gestão e Economia.

Cronograma

Lançamento da Chamada: 28/02/2022

Data limite de submissão de artigos: 31/05/2022

Prazo para decisão / primeiro retorno de revisões: 30/06/2022

Previsão para publicação: Agosto de 2022 (vol. 7, n. 3)

Critérios de Seleção

Os artigos devem seguir estritamente as orientações da Revista, descritas no seguinte link: https://diversitasjournal.com.br/diversitas_journal/about/submissions.

1) No título do artigo submetido evitar utilizar termos presentes no tema do dossiê.

2) O artigo deverá ter no máximo seis autores, indicando a função de cada autor no artigo na carta de autorização de autores.

3) Pelo menos um dos autores deve ter mestrado ou doutorado.

4) Autor(es) vinculado(s) à Programa de Pós-Graduação incluir essa informação na afiliação.

5) Ao fazer a submissão indicar a seção Dossiê “Economia Política, Economia Aplicada e Desenvolvimento Regional”.