Monitoramento epidemiológico da tuberculose em pequeno município do sertão alagoano entre os anos de 2014 a 2020

Autores

DOI:

https://doi.org/10.48017/dj.v7i1.2014

Resumo

RESUMO: A tuberculose é um problema de saúde pública causada pelo Mycobacterium tuberculosis, responsável por 1,5 milhão de mortes no mundo. A doença é de notificação compulsória e com base no Sistema de Informação de Agravos e Notificação (SINAN), o estudo objetiva analisar o monitoramento epidemiológico dos casos de Tb no município de Pão de Açúcar/AL entre os anos de 2014 a 2020. O método utilizado foi o exploratório do tipo descritivo-histórico com abordagem quantitativa cuja população-alvo foi composta por indivíduos acometidos e suspeitos com tuberculose residentes no município de Pão de Açúcar - Alagoas. O resultado desse estudo permitiu observar que entre 2014 a 2020, 15 casos foram notificados, onde pessoas de 40 e 49 foram os mais acometidos e 30 a 49 os mais incidentes. O resultado ainda revela prevalência e incidência dos homens em relação às mulheres; associação com baixa escolaridade; maior localização na zona urbana; ausência de casos com HIV, além de denunciar a ausência de registros. O estudo justifica a alta prevalência de homens em idades economicamente ativa; defende que a educação em saúde e o Tratamento Diretamente Observado (TDO) que devem ser adotadas com mais rigor na Atenção Básica. O trabalho permitiu monitorar o perfil da doença no município e concluir que, apesar de estar sob controle, a doença requer atenção para o grupo populacional masculino e leigo.

Referências

CECILIO, Hellen Pollyanna Mantelo; FIGUEIREDO, Rosely Moralez; MARCON, Sônia Silva. Coordenação e elenco de serviços no controle da tuberculose: percepção de enfermeiros e médicos. Cadernos de Saúde Coletiva, v. 26, n. 4, p. 439-445, 2018.

FERRI, Anise Osório; et al. Diagnóstico da tuberculose: uma revisão. Revista Liberato, v. 15, n. 24, p. 105-212, jul/dez, 2014.

FABRINI, Vanessa Cristina Neves; CARVALHO, Brígida Gimenez; MENDONÇA, Fernanda de Freitas; GUARIENTE, Maria Helena Dantas. Cuidado a pessoas com tuberculose privadas de liberdade e a educação permanente em saúde. Trabalho e Educação em Saúde, v. 16, n. 3, p. 1057-77, set/dez, 2018.

SANTOS, Marcela Lopes; COELI, Cláudia Medina; BATISTA, Joana d’Arc Lyra; BRAGA, Maria Cynthia; ALBUQUERQUE, Maria de Fátima Pessoa Militão. Fatores associados à subnotificação de tuberculose com base no Sinan Aids e Sinan Tuberculose. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 21, n. 1, p. 1-11, 2018.

SPAGNOLO, Lílian Moura de Lima; TOMBERG, Jéssica Oliveira; MARTINS, Martina Dias da Rosa; ANTUNES, Luize Barbosa; GONZALES, Rochana Isabel Cardozo. Detecção da tuberculose: a estrutura da atenção primária à saúde. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 39, n.1, p. 1-8, 2018.

PINTO, Priscila Fernanda Porto Scaff; SILVEIRA, Cássio; RUJULA, Maria Josefa Penon; CHIARAVALLOTI NETO, Francisco; RIBEIRO, Manoel Carlos Sampaio de Almeida. Perfil epidemiológico da tuberculose no município de São Paulo de 2006 a 2013. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 20, n. 3, jul-set, 2017.

BARREIRA, Dráurio. Os desafios para a eliminação da tuberculose no Brasil. Epidemiologia e Serviço de Saúde, v. 27, n. 1, 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Manual de recomenda¬ções para o controle da tuberculose no Brasil. Brasília: Ministério da Saúde, 2019.

MAIA, Daniely Aleixo Barbosa; FRIAS, Paulo Germano; ASSUNÇÃO, Romildo Siqueira; VIDAL, Suely Arruda; VANDERLEY, Lygia Carmen de Moraes. Avaliação da implantação do Sistema de Informação de Agravos de Notificação em Pernambuco, 2014. Epidemiologia e Serviço de Saúde, v. 28, n. 1, p. 1-13, 2019.

FREIRE, Izaura Luzia Silvério; et al. Adesão dos Idosos às Formas de Administração do Tratamento da Tuberculose. Revista Online de Pesquisa Cuidado é Fundamental, v. 11, n. 33, p. 555-559, abr/jun, 2019.

SIQUEIRA, Tatiane Cabral; BONFIM, Rafaele Oliveira; FERREIRA, Melisane Regina Lima; ORFÃO, Nathália Halax. Mortalidade entre os portadores de tubérculos em Porto Velho (RO). Revista Saúde e Pesquisa, v. 11, n. 3, p. 441-450, set/dez, 2018.

CARDOSO, Liliam Carla; et al. Aspectos epidemiológicos dos pacientes notificados com tuberculose na microrregião de Umuarama – noroeste paranaense de 2009 a 2014. Arquivos de Ciência e Saúde, v. 22, n. 3, p. 157-163, set/dez, 2018.

AZEVEDO, Mariana de Almeida Jorge; DAVID, Helena Maria Scherlowsk Leal; MARTELETO, Regina Maria. Redes sociais de usuários portadores de tuberculose: a influência das relações no enfrentamento da doença. Saúde Debate, v. 42, n. 117, p. 442-4454, abr/jun, 2018.

PELISSARI, Daniele Maria; et al. Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde como ferramenta de análise da descentralização do atendimento da tuberculose para a atenção básica. Cadernos de Saúde Pública, v. 34, n. 12, p. 1-13, 2018.

FURLAN, Mara Cristina Ribeiro; MARCON, Sônia Silva. Avaliação do acesso ao tratamento de tuberculose sob a perspectiva de usuários. Cadernos de Saúde Coletiva, v. 25, n. 3, p. 339-347, 2017.

PERES, Dalila Augusto; FAÇANHA, Mônica Cardoso; VIANA JÚNIOR, Antônio Brasil. Incremento de casos e melhoria da informação sobre tuberculose no Estado do Ceará, Brasil, após o relacionamento de bases de dados. Cadernos de Saúde Coletiva, v. 25, n. 4, p. 491-497, 2017.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Manual de Técnico para Controle da Tuberculose. Brasília: Ministério da Saúde, 2002.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Programa Nacional de Controle da Tuberculose. Brasília: Ministério da Saúde, 2008.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Panorama da tuberculose no Brasil: Diagnóstico situacional a partir de indicadores epidemiológicos e operacionais. Brasília: Ministério da Saúde, 2018.

CARVALHO, Anna Cristina Calçada; CARDOSO, Claudete Aparecida Araújo; MARTIRE, Terezinha Miceli; MIGLIORI, Giovanni Battista; SANTA’ANNA, Clemax Couto. Aspectos epidemiológicos, manifestações clínicas e prevenção da tuberculose pediátrica sob a perspectiva da Estratégia End TB. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 44, n. 2, p. 134-144, 2018.

FREGONA, Geisa; et al. Fatores associados à tuberculose resistente no Espírito Santo, Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 51, n. 41, p. 1-12, 2017.

COSTA, Marília Millena Remígio; et al. Tuberculose pulmonar: perfil epidemiológico do sertão Pernambucano, Brasil. Brazilian Journal of Heath Review, v. 2, n. 3, p. 2228-2238, mar/abr, 2019.

PEREIRA, Alessandra Gonçalves Lisbôa; et al. Fatores associados ao óbito e ao abandono do tratamento da tuberculose em um hospital geral do município do Rio de Janeiro, 2007 a 2014. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção, v. 8, n. 2, p. 150-158, 2018.

CARVALHO, Anna Cristina Calçada; et al. Promoção da adesão ao tratamento da tuberculose (Tb): experiência de avaliação e produção de material educativo sobre Tb. Revista ensino, saúde e ambiente, v. 11, n. 3, p. 149-166, dez, 2018.

SANTOS, José Gilmar Costa; ROCHA, Mabel Alencar do Nascimento; SANTOS, Renata Costa; RIBAS, João Luiz Coelho. Perfil Clínico e Epidemiológico da Tuberculose em Alagoas de 2008 a 2017. Revista Saúde e Desenvolvimento, v. 13, n. 14, p. 35-48, 2019.

ANTUNES, Luize Barbosa; et al. Sintomático respiratório de tuberculose na atenção primária: avaliação das ações segundo as recomendações nacionais. Revista Rene, v. 17, n.3, p. 409-415, mai/jun, 2016.

GOVERNO DO ESTADO DE ALAGOAS. SECRETARIA DO ESTADO DO PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. Perfil Municipal de Pão de Açúcar. Maceió, 2014. Disponível em: http://dados.al.gov.br/dataset/43ba0374afb246f892f3ed5f6fa45587/resource/35a0789d92224be1bb296a3e74dac514/download/municipalpaodeacucar2014.pdf.

MOREIRA, Adriana da Silva Rezende; KRITSKI, Afrânio Lineu; CARVALHO, Anna Cristina Calçada. Determinantes sociais da saúde e custos catastróficos associados ao diagnóstico e tratamento da tuberculose. Jornal Bras de Pneumologia, v. 46, n. 5, p. 1-5, jan-fev, 2020.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-01-01

Como Citar

Santana, M. V. S., & Almeida, D. H. de. (2022). Monitoramento epidemiológico da tuberculose em pequeno município do sertão alagoano entre os anos de 2014 a 2020. Diversitas Journal, 7(1), 0266–0276. https://doi.org/10.48017/dj.v7i1.2014