Eficiência do uso de micro-ondas para determinação de umidade em grãos de soja (Glycine max (l.) Merr.)

Uso na radiação não-ionizante na agricultura

Autores

  • Gabriel Nunes Zolini Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Thaís Ribeiro Costa Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Danúbia Aparecida da Costa Nobre Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Ricardo Silveira da Silva Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

DOI:

https://doi.org/10.48017/dj.v7i1.1713

Palavras-chave:

Cultura Agrícola; Estufa; Método Alternativo; Secagem; Teor de água

Resumo

O teor de umidade é um parâmetro imprescindível para manutenção da qualidade dos grãos, desde a colheita ao armazenamento. O estabelecimento de métodos rápidos e precisos para sua determinação são importantes para a determinaçao da qualidade dos grãos. Nesse sentido, o objetivo desse estudo foi comparar o método padrão da estufa 105 ºC / 24h com o método alternativo do micro-ondas para determinar a umidade de grãos de soja.  O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualisado com quatro repetições contendo 50 grãos. Foram utilizadas duas potências de micro-ondas: 560 W e 700 W. Para cada potência, os tempos foram de 1’, 1’ 30”, 2’, 2’ 30” e 3’. Os resultados obtidos nas avaliações foram submetidos ao teste F para análise de variância (α = 5%) e as médias comparadas pelos testes de Dunnet e Tukey (α = 5%). Para determinação do tempo ótimo em cada potência foram utilizadas análises de regressão (α = 5%). Verificou-se que os teores de umidade obtidos pelo micro-ondas no tempo de 2’ nas potências de 560 W e 700 W se mostraram eficientes na determinação de umidade dos grãos de soja. Logo, o método do micro-ondas pode ser uma alternativa viável ao método padrão da estufa (105 ºC / 24h), com tempo consideravelmente reduzido.

Referências

ALENCAR, E. R.; FARONI, L. R. D.; PETERNELLI, L. A.; SILVA, M. T. C. COSTA, A. R. Influence of soybean storage conditions on crude oil quality. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 14, n. 3, p. 303-308, 2010.

ALVES, S. E. S.; OLIVEIRA, G. F.; MENDES, F. T.; BERNARDINO, D. L. M. P.; FIGUEIREDO, J. C.; DAVID, A. M. S. S. Determinação do teor de água em semente de feijão carioca por métodos alternativos. Resumo expandido publicado no 9º FEPEG – Forum de ensino, pesquisa, extensão e gestão, 3p, 2015.

BEFIKADU, D. Factors Affecting Quality of Grain Stored in Ethiopian Traditional Storage Structures and Opportunities for Improvement. International Journal of Sciences: Basic and Applied Research (IJSBAR), v. 18, n. 1, p. 235-257, 2014.

BRASIL. Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB). Disponível em: www.conab.gov.br. Acesso em: Setembro/2020.

BRASIL. Regras para análise de sementes. Brasília: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Capítulo 7, Determinação do grau de umidade: p.307-323, 2009

CHULZE, S. N. Strategies to reduce mycotoxin levels in maize during storage: a review. Food Additives & Contaminants: Part A, v. 27, n. 5, p. 651–657, 2010.

CORADI, P. C.; MILANE, L. V.; CAMILO, L. J.; ANDRADE, M. G. O. Drying and storage of corn grains for ethanol production in Brazil. Bioscience Journal, v. 32, p. 1175-1190, 2016.

CORADI, P. C.; MILANE, L. V.; CAMILO, L. J.; PRADO, R. L. F.; FERNANDES, T. C. Qualidade de grãos de soja armazenados em baixas temperaturas. Revista Brasileira De Engenharia De Biossistemas, v. 9, n. 3, p. 197-208, 2015.10.18011/bioeng2015v9n3p197-208.

FARIA, R.Q.; DOS SANTOS, A.H.P.; GARIEPY, Y.; DA SILVA, E.A.A.; EIRA SARTORI, M.M.P.; RAGHAVAN, V. Optimization of the process of drying of corn seeds with the use of microwaves. Drying Technology, v. 38, p. 676–684, 2020.

FERREIRA, E. B.; CAVALCANTI, P. P.; NOGUEIRA, D. A. ExpDes: Experimental Designs pacakge. R package version 1.1.2. 2013. https://sites.google.com/site/ericbferreira/unifal/downloads-1.

GARCIA, L.G.C. Determinação do teor de água em farinhas por micro-ondas. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, v. 16, n. 1, p. 17-25, 2014

HENDERSON, S. Sources of variation in the determination of misture content of cereal grains and oilseeds by ovendrying methods. Phostharvest News and Information, v. 2, n. 5, 335-339, 1991.

KUMAR, D.; & KALITA, P. Reducing postharvest losses during storage of grain crops to strengthen food security in developing countries. Foods, v. 6, n.1, p. 22, 2017.

LOPES, M. S. Método de estufa para determinação do grau de umidade de sementes de arroz e soja. [Tese]. Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel, Universidade Federal de Pelotas; 43p, 2008.

LUZ, C.; BAUDET, L.; FRANDOLOSO, V. Determinação do teor de água de sementes de arroz por secagem com microondas. Revista Brasileira de Sementes, v. 20, n. 1, p.70-74, 1998.

MANANDHAR, A.; MILINDI, P.; SHAH, A. An Overview of the Post-Harvest Grain Storage Practices of Smallholder Farmers in Developing Countries. Agriculture, v. 8, n. 4, p. 57, 2018.

MORITZ, A.; ORTIZ, T. A.; SOUZA, A.; TAKAHASHI, L. S. A.; ZUCARELI, C. Comparação de métodos para a determinação do teor de umidade em grãos de milho e de soja. Pesquisa Aplicada & Agrotecnologia, v. 5, n. 2, p. 145-154, 2012. 10.5777/PAetV5.N2.11.

NERY, M. C.; CARVALHO, M. L. M.; OLIVEIRA, L. M. Determinação do grau de umidade de sementes de ipê-do-cerrado Tabebuia ochracea ((cham.) standl.) pelos métodos de estufa e forno de microondas. Ciênc. Agrotec., v. 28, n. 6, p. 1299-1305, 2004.

NIRMAAN, A. M. C.; PRASANTHA, B.D.R.; PEIRIS, B. L. Comparison of microwave drying and oven‑drying techniques for moisture determination of three paddy (Oryza sativa L.) varieties. Chemical and Biological Technologies in Agriculture, v. 7, p.1-7, 2020.

PEDROSA, C. R. G.; MELO, L. F.; FAGIOLI, M. Viabilidade do uso de aparelho de microondas na determinação do teor de água em sementes de milho e soja. Rev. Agrotec., v. 35, n. 1, p. 48–53, 2014.

PRUSKY, D. Reduction of the incidence of postharvest quality losses, and future prospects. Food Security, v. 3, n. 4, p. 463–474, 2011.

PUZZI, D. Abastecimento e armazenamento de grãos. Campinas: Instituto Campineiro de Ensino Agrícola; 666p, 2000.

QUIRINO, J. R.; MELO, A. P. C.; VELOSO, V. R. S.; ALBERNAZ, A. K.; PEREIRA, J. M. Resfriamento artificial na conservação da qualidade comercial de grãos de milho armazenados. Bragantia, v. 72, p. 378-386, 2013.

SARMENTO, H. G. S.; DAVID, A. M. S. S.; BARBOSA, M. G.; NOBRE, D. A. C.; AMARO, H. T. B. Determinação do teor de água em sementes de milho, feijão e pinhão-manso por métodos alternativos. Energ. Agric., Botucatu, v. 30, n.3, p. 249-256, 2015.

SCHUH, G.; GORRARDI, R.; FILHO, E. F.; ATUNES, L. E. G.; DIONELLO, G. R. Efeitos de dois métodos de secagem sobre a qualidade físico-química de grãos de milho safrinha – RS, armazenados por 6 meses. Semina: Ciências Agrárias, Londrina, v. 32, n. 1, p. 235-244, 2011.

SENAR. Grãos: armazenamento de milho, soja, feijão e café. Serviço Nacional de Aprendizagem Rural: Brasília, Senar; 100p, 2018.

SILVA, J. S.; NOGUEIRA, R. M.; ROBERTO, C. D. Tecnologias de secagem e armazenagem para a agricultura familiar. Brasília, DF: Embrapa Café, 138p, 2005.

TONG, C.; GAO, S.; LUO, S.; LIU, L.; BAO, J. Impact of Postharvest Operations on Rice Grain Quality: A Review. Comprehensive Reviews in Food Science and Food Safety, v. 18, p. 626 – 640, 2019.

WALKER, S.; JAIME, R.; KAGOT, V.; PROBST C. Comparative effects of hermetic and traditional storage devices on maize grain: Mycotoxin development, insect infestation and grain quality. Journal of Stored Products Research, v. 77, p. 34–44, 2018.

Arquivos adicionais

Publicado

2022-01-01

Como Citar

Nunes Zolini, G., Ribeiro Costa, T., Aparecida da Costa Nobre, D., & Silveira da Silva, R. (2022). Eficiência do uso de micro-ondas para determinação de umidade em grãos de soja (Glycine max (l.) Merr.): Uso na radiação não-ionizante na agricultura. Diversitas Journal, 7(1), 0071–0081. https://doi.org/10.48017/dj.v7i1.1713