Agricultura orgânica

Aspectos históricos, normativos e econômicos

Autores

  • Márcio Roberto dos Santos Universidade Estadual de Alagoas
  • José Crisólogo de Sales Silva Universidade Estadual de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.48017/dj.v9i2.2623

Palavras-chave:

Produção Orgânica, Dados Históricos, Legislação, Comercialização

Resumo

A agricultura orgânica é de grande importância para o Brasil e o mundo, por manter a qualidade original dos alimentos. A produção e o consumo de alimentos orgânicos têm ocupado cada vez mais espaço nos sistemas agroalimentares mundiais. O objetivo deste trabalho foi estudar geograficamente a produção de alimentos orgânicos no mundo e no Brasil. Estudando os aspectos históricos, normativos e econômicos para a produção orgânica, sua tendência e importância a partir de uma revisão descritiva do tema. O presente estudo é baseado em uma revisão sistemática de literatura, realizada em outubro e novembro de 2022. O trabalho foi desenvolvido a partir de pesquisas nas bases de dados públicas e abertas: SciELO; Google Acadêmico e Biblioteca Digital de Periódicos. A fim de corroborar com o estudo, utilizou-se também: decretos federais, normas técnicas, instruções normativas. As seguintes frases foram utilizadas nas buscas: Agricultura Orgânica; Aspetos Históricos; Normativos e Econômico. Inicialmente foram pré-selecionados 43 trabalhos e após avaliação, 17 artigos foram utilizados nesta revisão. As considerações finais mostram que: A agricultura orgânica é uma ótima alternativa para pequenos, médios e grandes produtores, pois o mercado vem se expandindo e diversificando seus produtos a cada ano. O número de consumidores de produtos orgânicos só aumenta. Cerca de 2 à 10 por cento ao ano, no Brasil e no mundo, respectivamente. Com isso, poderá haver aumento de áreas produtivas e consequentemente novos agricultores possivelmente começarão a produzir.

 

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Márcio Roberto dos Santos, Universidade Estadual de Alagoas

Universidade Estadual de Alagoas-UNEAL, Pós-Graduado em Ecologia e Conservação da Natureza, Brasil.

José Crisólogo de Sales Silva, Universidade Estadual de Alagoas

Universidade  Estadual  de  Alagoas-UNEAL,  Professor  Titular,  Zootecnia,  Brasil.

Referências

Batista, C. L. R.; Stoffel, J. Agroecologia e Produção Orgânica: Características que distinguem e/ou aproximam os sistemas de produção sustentáveis. Colóquio – Revista do Desenvolvimento Regional - Faccat - Taquara/RS - v. 19, Edição especial (SOBER), 2022.

Lei nº 10.831, de 23 de dezembro de 2003.https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/organicos/Legis-lacao/ portugues/lei-no-10-831-de-23-de-dezembro-de-2003.pdf.

Decreto N°- 7.794, de 20 de agosto de 2012 Institui a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica. https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/organi-cos/legislacao/Por- tugues /decreto-no-07-794-de-20-de-agosto-de-2012.pdf/.

Brito, T. P.; Aragão, S. S.; Souza-Esquerdo, V. F.; & Pereira, M. S. (2023). Perfil dos agricultores orgânicos e as formas de avaliação da conformidade orgânica no estado de São Paulo. Revista de Economia e Sociologia Rural, 61(3), e260825. https://doi.org/10.1590/1806-9479.2022.260825.

Cronin, P.; Ryan, F.; Coughlan, M. Undertaking a literature review: a stepby-step approach. British journal of nursing, v. 17, n. 1, p. 38-43, 2008.

De-La-Torre-Uguarte-Guanilo, M. C.; Takahashi, R. F.; Bertolozzi, M. R. Revisão sistemática: noções gerais. Rev. esc. enferm. USP [online]. 2011, vol.45, n.5, pp.1260-1266.

EngeL, V. L. Sistemas Agroflorestais: Conceitos e Aplicações. Botucatu: FEPAF, 1999. 70 p. 2 Recursos Naturais/FCA - Unesp/Botucatu.

Farias, L. F.; Soares, L. P.; Sousa, R. L. O mercado de orgânicos e os preços praticados nos principais canais de comercialização na cidade de Goiânia – GO. Iheringia, Série Botânica, Porto Alegre, 77: e 2022009, 2022.

Fonseca, M.F. de A.C. Agricultura Orgânica: Regulamento técnico e acesso aos mercados dos produtos orgânicos no Brasil. Niterói: PESAGRO – RIO, 2009.

IFOAM International Federation Of Organic Agriculture Movements Normas Básicas para a Produção e Processamento de Alimentos Orgânicos (IFOAM General Assembly em Mar Del Plata/Argentina, novembro 1998).

Lima, K.; Aliza, M.; Valadares, A.; AlveS, F. Produção e consumo de produtos orgânicos no mundo e no Brasil. Texto para discussão / Instituto e Pesquisa Econômica Aplicada. Brasília: Rio de Janeiro: IPEA, 2020, 44 p.

Magalhões, E. da S. Agricultura Orgânica no Distrito Federal: Uma Análise Exploratória. Brasília – DF – dezembro de 2004.

MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos. Publicado em 09/03/2017 16h10 Atualizado em 03/11/2022 17h07. https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sustentabilidade/organicos/cadas- tro – nacional-produtores-organicos.

MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Instrução Normativa nº 19 de 28/05/2009. https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=78103. 03/11/2022 17h07.

MuñoZ, C. M. G.; Gómez, M. G. S.; Soares, J. P. G.; Junqueira, A. M. R. Normativa de Produção Orgânica no Brasil: a percepção dos agricultores familiares do assentamento da Chapadinha, Sobradinho (DF). RESR, Piracicaba-SP, Vol. 54, Nº 02, p. 361-376, Abr/Jun 2016 – Impressa em Junhode 2016 DOI: 10.1590/1234.56781806-947900540209.

Neves, J.; Imperador, A. A contribuição dos agroecossistemas orgânicos do Sul de Minas Gerais. Caderno de Agroecologia – ISSN 2236-7934 – Anais da reunião técnica sobre agroecologia - Agroecologia, Resiliência e Bem Viver – Pelotas, RS – v17, n3, 2022.

Ormond, J. G. P.; Paula, S. R. L.; Filho, P. F.; Rocha, L. T. Agricultura Orgânica: quando o passado é futuro. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 15, p. 3-34, mar. 2002.

Penteado, S. R. Agricultura Orgânica. Piracicaba: ESALQ - Divisão de Biblioteca e Documentação, 2001.

Riva, L. W. da. Orgânicos: produção sustentável economicamente viável - capítulo IV - Cadeia produtiva de alimentos e produtos - Livro Eletrônico 1ª Edição Londrina 2018. Disponível em: http://www.uel.br/cca/dcta/pages/livro.php ISBN 978-85-7846-475-2.

Rover, O. J.; PugaS, A. S.; M. C. Circuitos Curtos de Comercialização e Mecanismos de Controle na Agricultura Orgânica. Analisando o potencial de formação de cinturões verdes agroecológicos. CAMPO-TERRITÓRIO: Revista de Geografia Agrária, v. 16, n. 43, p. 378-399, dez., 2021.

Santos, J. O.; Santos, R. M. S.; Borges, M. G. B.; Ferreira, R. T. F. V.; Salgado, A. B.; Segundo, O. A. S. A Evolução da Agricultura Orgânica, Revista Brasileira de gestão Ambiental – RBGA. Pombal- PB, 2012.

Santos, G. C. dos. Monteiro, M. Sistema Orgânico de Produção de Alimentos. Departamento de Alimentos e Nutrição – Faculdade de Ciências Farmacêuticas – UNESP – 14801-902 – Araraquara – SP – Brasil. Alim. Nutr., Araraquara, v.15, n.1, p.73-86, 2004.

Silva, C. M. da. Agricultura alternativa e sustentabilidade: o caso do Assentamento Novas Vidas em Ocara, Ceará/ Cristiane Moreira da Silva. – Fortaleza: UFC, 2004. 101p.

Silva, I. F.; Oyamburo, D. C. S.; Inácio, L. R.; Fernandes, L. M.; Becker, C. Qual o cenário da Produção orgânica no Brasil? Aproximação a partir de dados secundários do censo agropecuário e do cadastro nacional de produtores orgânicos. Cadernos de Agroecologia - ISSN 2236-7934 - Anais da Reunião Técnica sobre Agroecologia -Agroecologia, Resiliência e Bem Viver - Pelotas, RS - v. 17, n. 3, 2022.

Vogt, G. The origins oforganic farming. In W. Lockeretz (Ed.), Organic farming: an international history (pp. 9-29). Wallingford: CABI. 2007.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2024-05-11

Como Citar

Santos, M. R. dos, & Silva, J. C. de S. (2024). Agricultura orgânica: Aspectos históricos, normativos e econômicos. Diversitas Journal, 9(2), 631–648. https://doi.org/10.48017/dj.v9i2.2623

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>