Aplicabilidade de jogo educativo para o ensino da biodiversidade do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i2-1272

Resumo

RESUMO: O presente estudo buscou verificar a aplicabilidade de um jogo didático para o ensino da biodiversidade do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (PNMT). Inicialmente, foi aplicado um questionário composto por perguntas fechadas, para obter dados empíricos dos alunos sobre o PNMT e utilização de jogos didáticos no ensino escolar. Posteriormente, foi feita uma palestra para ensinar aspectos de áreas protegidas do Amapá, focando principalmente no PARNA Tumucumaque. Ao fim da palestra, os alunos utilizaram o jogo de roleta, para que de forma descontraída aprendessem características da fauna e flora da Unidade de Conservação estudada. No término das atividades, os alunos receberam novamente o questionário, para se obter os conhecimentos alcançados sobre o PARNA Tumucumaque após as atividades teóricas e práticas. Quando foram indagados sobre a utilização de jogos didáticos serem relevantes no processo de ensino da disciplina de biologia, obteve-se que 100% (N=32) dos estudantes são favoráveis à presença de jogos para o entendimento dos conteúdos. Ao serem questionados sobre a possibilidade de usarem um jogo de roleta para aprenderem aspectos da fauna e flora do PARNA Tumucumaque, os resultados demonstraram que 100% (N=32) dos alunos eram favoráveis à sua utilização para a aprendizagem. Demonstrando que os estudantes apresentam interesse em aprender com uma metodologia diferente de aulas tradicionais e que o lúdico pode ser eficaz para o ensino de características das Unidades de Conservação do Amapá.

PALAVRAS-CHAVE: Aprendizagem, Educação Ambiental, Lúdico.

Downloads

Publicado

2021-06-01

Como Citar

Dias, P. C., Sá, D. M. C., Mendes, B. M., & Nascimento, Y. N. do. (2021). Aplicabilidade de jogo educativo para o ensino da biodiversidade do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque. Diversitas Journal, 6(2), 2570–2582. https://doi.org/10.17648/diversitas-journal-v6i2-1272